((( WEB RÁDIO CONEXÃO )))

sexta-feira, 22 de junho de 2018

Reart

Tudo começou em São Paulo em 1998, quando motivado por minha família (irmãos) que tinham o mesmo sonho em serem músicos e alcançar um ideal. Então montaram um grupo de pagode no qual eu tive minha inspiração ao vê-los tocar. Na época minha profissão era moto boy, mais logo motivado por esse sonho de ter o meu próprio grupo e ser vocalista principal, fazendo algumas participações nesse grupo de pagode com meus irmãos. Com a mudança de São Paulo para uma cidade do interior paulista, Botucatu em 2003, tocamos e fizemos muitas participações em casas de show, festas beneficentes e bares, com essa mesma formação ficamos juntos por quase 20 anos , onde foram trocados alguns integrantes recentemente. Mas agora com uma nova formação estou realizando o primeiro trabalho profissional da minha carreira, no qual sou vocalista ReArt . E como idealizador desse projeto Renato Lopes da Fonseca, no qual também como compositor tendo nesse novo projeto 12 musicas de minha autoria, Motivado por um sonho quero agradecer a todos em primeiro lugar a DEUS, que tudo agora se torne realidade. Os meus sonhos e a minha carreira de ser um profissional na arte da música ReArt  renasce para ser um sucesso.  

Acesse: 

segunda-feira, 11 de junho de 2018

Grupo Toke Divinal


Meados de 1992, auge do samba e revelações musicais, casas de shows, quadras e rodas de pagode, em meio a euforia, começava a nascer então a hegemonia dos grupos musicais que mudaria um pouco a cara do samba paulista, surgindo então o Mário's Bar, tradicional casa de samba da Zona Leste de São Paulo, onde foi produzido uma coletânea com vários grupos, "A Pagodeira", destacando o Grupo Toke Divinal com a música "Vida Particular" de autoria de "Eraldo Aciolli e Carlinhos Barbosa", produzido pelo Royce do Cavaco, primeiro samba popular a ser tocado na Rádio Transcontinental.

lrzshow@bol.com.br / lrzshow@uol.com
(11)4564-3448 / 98686-1639
(11)96590-6399 (WhatsApp)

quarta-feira, 30 de maio de 2018

Banda brasiliense



Banda brasiliense libera álbum de músicas autorais no Spotify
Projeto é hobby de amigos que se formaram em comunicação pela Universidade de Brasília e encontraram na internet um jeito acessível de levar trabalho ao público

Um álbum autenticamente brasiliense, forjado entre laços de amizade criados na Universidade de Brasília (FAC/UnB), talento, criatividade e interesse em comum por música, astronomia e audiovisual. Esse é o cenário que deu origem ao CD digital de estreia da Banda Noite, hoje formada pelo publicitário Alexandre Curuma e pela cineasta Carol Lucena. O projeto, que começou em 2013 com amigos tocando violão e cantando para passar o tempo, culminou na composição de 10 músicas inteiramente autorais. As melodias estão disponíveis gratuitamente na plataforma de streaming Spotify (acesse em bit.ly/bandanoite), misturam rock, folk, blues e MPB e falam de temas variados, que vão desde lendas urbanas do Distrito Federal até experiências cotidianas.
A bem-humorada Crocodilo do Paranoá é a mais ouvida no Spotify e brinca com o medo da presença desses répteis no lago de Brasília — apesar de apenas jacarés (que são de outra espécie) habitarem biomas brasileiros. Já Caiporé é um tributo ao índio Galdino, líder pataxó queimado vivo enquanto dormia numa parada de ônibus da Asa Sul, em 1997. Outras músicas são mais reflexivas e poéticas, como Difícil Andar pra FrentePor Que as Pessoas CantamAna Paula e Pela Calçada. Todas as composições, porém, têm em comum cuidado com a combinação entre arranjos e letras, que acabam por refletir a personalidade dos criadores. “Às vezes, as músicas são uma espécie de retrato, revelam muito sobre o que sentimos e o que somos”, percebe Alexandre Curuma, 27 anos, que toca violão há quase 10.
Responsável pelo vocal da maior parte das canções, Carol Lucena, 27, toca violão e piano e começou a se interessar por música ainda na infância. Para ela, a parceria na composição é uma grande qualidade do projeto. “Trabalhamos bem complementando letras e melodias um do outro. Isso é o que fazemos melhor”, conta. “Resolvemos gravar um CD quando percebemos que tínhamos um número considerável de músicas autorais com potencial e acreditávamos que elas combinavam bem juntas”, explica Curuma. Apesar de ter começado de maneira despretensiosa, o disco foi gravado em estúdio e finalizado de maneira profissional, com a colaboração de parceiros e amigos, tornando-se uma bela contribuição à esfera musical brasiliense. A gaita, introduzida pelo designer gráfico Lucas Loiola, por exemplo, fez toda a diferença.
“O processo de gravação foi uma aventura e tanto, pois não tínhamos experiência de estúdio e acabamos levando mais tempo que o planejado”, diz Curuma. Todo o esforço compensou: a dupla não poderia estar mais satisfeita com o resultado. “A gente fez tudo na mão, editei quase todas as músicas, foi meio que um experimento e estou feliz de ver que deu tudo certo. Fiquei impressionada com a qualidade do som”, admite Carol. “A parte mais legal foi concretizar o álbum. É muito comum que as pessoas tenham bandas na faculdade, mas acabem deixando de lado”, comenta Curuma. Depois de tudo pronto, os amigos procuraram um jeito de levar as criações ao público e encontrar na internet o caminho mais democrático para isso.

Colaborações
Em 2013, três amigos que participavam da Pupila, empresa júnior de audiovisual da UnB, passaram a se encontrar para cantar e tocar violão: Alexandre Curuma, Carol Lucena e Washington Rayk. Nascia, assim, a Banda Noite que lançou álbum homônimo no fim de 2017. O disco de estreia contou com a colaboração de Lucas Loiola (gaita), André Ribeiro (backing vocal em uma faixa e violão solo em outra), Lucas Almeida (produção e percussão), Henrique Vieira (masterização) e Morgana Boeschenstein (ilustração). Apenas Curuma (composição, letra, violão e voz) e Carol (voz, composição, letra, violão e piano) permanecem no projeto. Rayk compôs o solo de guitarra de uma música e o baixo de outra. O disco foi produzido a partir da influência de artistas como Marisa Monte, Tribalistas, Skank, Elis Regina, Nando Reis e Rita Lee.
Completam o rol de inspirações KT Tunstall, Jack Johnson, Heart, Kansas, Bob Dylan, Johnny Cash, Queen e The Beatles. A Banda Noite recebe esse nome pela fascinação de Carol e Curuma, que são membros do Clube de Astronomia de Brasília (Casb), pelo universo. Entre os momentos mais marcantes da trajetória do grupo, um inspirou a ilustração da capa do álbum, de autoria de Morgana. Carol, Curuma e Rayk tocavam em um banco entre o ICC (Instituto Central de Ciências) e o RU (Restaurante Universitário) da Universidade de Brasília quando começou a chover. Nem mesmo o temporal apagou o entusiasmo dos três, que continuaram a fazer som em baixo de um guarda-chuva. Atualmente, Carol e Curuma ensaiam uma vez por semana, marcando encontros na academia de música Musiflex.

Informações

terça-feira, 22 de maio de 2018

Sociedade Crua

Somos a "SOCIEDADE CRUA" de Belo Horizonte - MG.

Banda inspirada no Rock and Roll, com canções próprias de cunho crítico social.
A Sociedade Crua é uma banda autoral, formada em 2011 e que tem dois (02) álbuns copilados (Novembro e Pássaros de Lata), já com material para um terceiro álbum.Tem na sua formação: Ronaldo Araújo (vocal/percussão/composição), Rafael Reis (guitarra/back vocal/composição), Silas Lopes (contrabaixo/back vocal/produção), Douglas Leal (bateria), tendo como influências o rock clássico, blues, progressivo, country music, pop e a MPB, abordando na sua temática, uma crítica social de forma interpretativa e abstrata sob o olhar de quem faz parte de toda esta lógica da vida ...
O nome Sociedade Crua, surgiu em 2008 e foi criado do pressuposto de que as pessoas estão sempre amadurecendo, criando experiências, se moldando e que toda esta condição de vida, só é definitivamente adquirida no limiar da vida.

Facebook:

sábado, 19 de maio de 2018

quinta-feira, 17 de maio de 2018

Renato e Giovanelli

Renato e Giovanelli

A dupla Renato & Giovanelli é formada por paulistas nascidos, respectivamente, nas cidades de Tapiratiba e Ilha Solteira. Renato nasceu no dia 14/07/1884, é caçula de oito irmãos, mudou com a família para uma fazenda perto da cidade de Guaxupé, Minas Gerais, quando tinha quatro anos. Seu pai Sr. Nelson, foi o responsável por apresentar e ensinar a cultura caipira nas frequentes rodas de viola que faziam ao lado do irmão Ronaldo e de toda a família. Ali cantavam clássicos da música sertaneja ao redor do fogão a lenha para esquentar nas noites frias.
Aos 14 anos aprendeu a tocar violão, levou um tempo até começar a cantar. Com 25 anos formou a sua primeira dupla, uniu-se a amiga Débora, nascendo o projeto: "Débora & Renato". Mas, não durou muito tempo, já que Débora tinha outros projetos e a dupla terminou.
Giovanelli, nascido no dia 20/05/1986, com um ano de idade ganhou do pai, um apaixonado por música, um cavaquinho. Mas foi na igreja aos nove anos que começou a tocar violão e bateria, aos 14 anos mudou-se com a família para a cidade de São José do Rio Pardo, interior de São Paulo, aonde começou a cantar e tocar nos bares da região.
Em outubro de 2011, Giovanelli fazia show em um bar próximo da Faculdade de Guaxupé/MG, e Renato estava lá assistindo. O dono do bar que conhecia Renato e sabia da paixão pela música, o incentivou a subir no palco e cantar ao lado de Giovanelli, ali surgiu a dupla Renato & Giovanelli.
Em 2012, os artistas gravaram o primeiro CD "Acústico em Guaxupé". No mesmo ano entraram em estúdio para gravar o novo trabalho e o produtor na época, Juliano Rafan, os apresentou para a dupla Gian & Giovani que estava gravando no mesmo local. Ali começou uma amizade e surgiu o convite para os cantores participarem de uma música. E foi no segundo álbum  "Chegou sem avisar", que eles gravaram juntos as músicas "Casinha Branca" e "Tatuagem".
Em 2014 foram convidados para participar de uma campanha publicitária, aonde conheceram Thomas Roth e, após algum tempo de conversa, passaram a integrar o casting de artistas da Elemess, aonde estão até os dias de hoje. Lá os artistas gravaram o terceiro trabalho. O EP "30 Dias" contou com Lucas Silveira (Fresno) e Reinaldo Barriga como produtores, além da direção artística de Thomas Roth. Também lançaram uma versão acústica da música autoral “Ao Meu Lado”, além de outra inédita autoral “Desejo Inevitável”, ambas produzidas por Paulo Vaz.
Com timbres marcantes e donos de uma personalidade única, Renato & Giovanelli vem se destacando no cenário atual da música sertaneja. Nas plataformas digitais a dupla apresenta um crescimento significativo de espectadores.
"A música é nossa vida. Estamos focados e trabalhando muito para levar o melhor para o público"- destacam os cantores.
A dupla tem viajado por todo o Brasil com a turnê "30 Dias" e está com um novo trabalho com um som diferente do EP anterior. Para este segundo semestre, além do lançamento das músicas “Horário Diamante”, lançada no final de julho, e “Parceira de Copo” ainda sem data para lançamento, ambas produzidas por Wesley Leonel e direção musical de Paulo Vaz, os artistas prometem muitas outras novidades, como a web serie "Modão na Boleia", projeto que será lançado no canal de Renato & Giovanelli no YouTube.

terça-feira, 15 de maio de 2018

segunda-feira, 14 de maio de 2018

sexta-feira, 4 de maio de 2018

Gabriel Diniz


Gabriel Diniz (ou GD) é hoje um dos grandes cantores do Brasil e isso vem sendo comprovado ao longo desses últimos anos. A história deste artista começou ainda na adolescência, quando começou a fazer parte de uma "Banda de Garagem" com seus amigos da Escola, se tornando assim um sucesso na cidade onde cresceu e vive até hoje, João Pessoa. Esses foram os seus primeiros passos e que despertou ainda mais a sua paixão pela música.
Pouco depois, conciliando os estudos na Universidade de Engenharia com a música, ele foi convidado para um projeto ainda maior do que o estava atuando, mas ele precisaria mudar de João Pessoa-PB e ir para Recife-PE. O convite foi aceito e ele assumiu a responsabilidade de estar à frente da banda Capim com Mel, banda já renomada e com público consolidado. E foi aí que Gabriel tomou notoriedade e aumentou ainda mais o seusucesso.
Atualmente o Gabriel Diniz faz parte da Universal Music, que é uma das maiores gravadoras do mundo, responsável pela “edição de música, merchandising e conteúdos áudios visuais em mais de 60 países”. GD também faz parte da Luan Produções e Eventos (Uma das maiores empresas do segmento de produção, promoção e gerenciamento da carreira de artistas de vários gêneros musicais no país) que possui em seu casting artistas de grande renome nacional, como Wesley Safadão e entre outros.
Músicas gravadas pelo GD, como "Amor de Corpo", "Minha Cara de Preocupação" e "Lapada, Lapada" fizeram popularizar ainda mais esse grande artista. Em 2014 ele lançou o clipe da música "Minha cara de preocupação", que foi gravado em Miami e Orlando, enquanto fazia uma turnê nos EUA, onde hoje o clipe já ultrapassou a marca de 4 milhões de visualizações em seu canal no Youtube.
Em seu primeiro DVD nomeado de "GD at The Park", foi gravado no Parque de Diversões Mirabilândia em Recife, e contou com participações especiais de artistas de renome nacional, como: Cristiano Araújo, Wesley Safadão, Léo Santana, Aline Rosa e Mr. Catra. O projeto teve tecnologias nos padrões internacionais! De acordo com um dos diretores do projeto, Robson Raposo, foram usados na gravação 400 metros de painéis de LED de 10 milímetros, 380 movies lites distribuídos entre palco e platéia e teve um total de 62 metros de largura só de palco. Para a roda gigante que se fez presente na estrutura, foram usados 24 raios de leds, com 22 metros de altura, que fizeram parecer que estava interligada ao palco principal. Esse mega show foi visto por uma platéia de 22 mil pessoas, e no repertório Gabriel mesclou entre músicas dançantes e românticas.
Essa produção abriu muitas portas para Gabriel Diniz, tornando ele um artista ainda mais popular pelo Brasil inteiro. O cantor participou de grandes programas de TV como “A Hora do Faro” (Rede Record), onde o próprio apresentador do programa foi até a casa do Gabriel Diniz e fez uma matéria de quase 1h com o artista, além de participações em outros programas como Programa da Sabrina (Rede Record), Encontro com a Fátima Bernardes (Rede Globo), Legendários (Rede Record), Sabadão (SBT), Domingo Show (Rede Record) Programa da Xuxa (Rede Record), Esquenta (Rede Globo) e várias vezes fez participações
no programa Vídeo Show (Rede Globo), tanto que a sua última participação neste programa foi ao lado do seu ídolo, Cauby Peixoto.
Mas o sucesso não parou por aí! A música "Coração Teimoso" por exemplo, venceu o troféu "Danado de bom" em 2016, premiação promovida pela TV Jornal Caruaru, com 104.271 votos, conquistando assim 45% dos votos e sendo nomeada como a "Música do São João". A música atualmente está com 7 milhões de visualizações no Youtube.
O ano de 2017 foi inovador para o cantor. Para o verão e carnaval 2017, o cantor lançou a música "É hora de dar tchau" com a participação de Gusttavo Lima, e o clipe já lhe rendeu mais de 7 milhões de visualizações. Mas a seleção de sucessos, não parou por aí! Em março deste mesmo ano, foi lançado o clipe da música Paraquedas, com a participação da dupla Jorge e Mateus, e o vídeo alcançou mais de 15 milhões de visualizações, tornando-se o mais visto na carreira do cantor. Teve também o clipe Vida de Solteiro, com a participação de João Lima, e que já passou a marca de 420 mil visualizações em apenas 3 semanas, atualmente ele está com 702.174 mil visualizações.
Após o sucesso que foi o DVD GD At The Park, o artista escolheu o arquipélago Fernando de Noronha para gravar, no dia 03 de agosto de 2017, o seu novo trabalho que foi intitulado de “GD na Ilha”. O DVD foi gravado em um dos lugares mais belos do mundo, a ilha de Fernando de Noronha em Pernambuco! E também contou com as participações especiais de Maiara e Maraisa, Wesley Safadão e Léo Santana. Tendo como um dos diretores Anselmo Trancoso, o projeto contará com incrível repertório de 18 músicas e uma estrutura de cinema! Vem por aí um projeto inovador e inesquecível na carreira do Gabriel Diniz.
Com quase 11 milhões de downloads no site Sua Música, que é um dos maiores sites independentes de músicas no Brasil, GD ainda teve mais de 35 milhões de plays e mais de 315 mil seguidores em sua página no site. E não é só isso, nas redes sociais o cantor também é um fenômeno! Em sua Fanpage já possui mais de meio milhão de seguidores, no Instagram ele já está com mais de 1 milhão e meio de seguidores, e em seu canal no Youtube ele está quase 70 milhões de visualizações. Gabriel Diniz é hoje um artista de renome nacional, onde já se apresentou em grandes veículos de comunicação, e que cresce cada vez mais em cada trabalho que faz, mostrando o seu talento e a sua personalidade por isso, 2018 será um ano de ainda mais conquistas.

quarta-feira, 25 de abril de 2018

Festival de Música Gospel Shopping

Reinaldo Mota
Facebook: Reinaldo Mota
Twitter : @reinaldomota_

Instagram - reinaldoguimaraes.mota1
Cel whatsApp: 11 97755-0161